Maio, mês da masturbação

Detalhe de "Air Pussy", quadrinho da alemã Ulli Lust
Detalhe de "Air Pussy", quadrinho da alemã Ulli Lust

Maio é um bom mês: temperaturas amenas, dia das Mães e Mês Internacional da Masturbação.

Tudo começou em 1994, quando a pediatra Joycelyn Elders ocupava o posto de Cirurgiã-Geral dos Estados Unidos, porta-voz do governo em assuntos de saúde pública. Em um evento da ONU sobre o combate à AIDS, Elders foi interrogada sobre o papel da masturbação na prevenção de comportamentos sexuais de risco, e declarou que o autoprazer é “parte da sexualidade humana, e deveria ser ensinado” nas aulas de educação sexual nas escolas. A mais que sensata declaração custou o cargo de Elders, que foi sumariamente demitida.

A rede de sex-shops Good Vibrations, capitaneada pela maravilhosa sexóloga Carol Queen, reagiu prontamente à hipocrisia e ao puritanismo do governo Bill “eu não tive relações sexuais com essa mulher” Clinton e declarou Maio como o Mês Nacional da Masturbação nos EUA: 31 dias dedicados à celebração do autoprazer. A deliciosa iniciativa tem sido cada vez mais acolhida e celebrada em todo o mundo, e por isso a Good Vibrations decidiu internacionalizar a efeméride.

Economiza tempo e dinheiro, diminui o estresse, cura dor de cabeça, não faz mal a ninguém e irrita o papa. Masturbe-se! Imagem via Queer Landia

A ideia é exaltar os benefícios da masturbação, que continua cercada de tabus. Como lembra a GV, muita gente ainda se sente culpada ao se masturbar, ou vê a prática como uma substituição ao sexo de verdade. Nada mais equivocado: autoprazer é autoconhecimento, prática enriquecedora e essencial para uma vida sexual saudável e prazerosa.

Precisa de razões para se dar prazer? A GV tem uma lista:

– O autoprazer é revigorante, rejuvenecedor e divertido;
– é o sexo mais seguro que existe;
– é alegre expressão de amor-próprio;
– oferece inúmeros benefícios à saúde, como alívio de cólicas menstruais, redução do estresse, fortalecimento dos músculos pélvicos, entre outros;
– é um ótimo exercício aeróbico;
– aumenta a consciência sexual e o conhecimento sobre o próprio corpo.

Um dos eventos mais interessantes do mês da masturbação é o Masturbate-A-Thon, uma maratona beneficente de autoprazer promovida pelo Center for Sex and Culture em São Francisco, nos EUA. A celebração orgásmica desse ano será no dia 25 de maio na sede do centro, e  todo o dinheiro arrecadado (com os ingressos que custam 30 dólares e as doações espontâneas) será revertido para as iniciativas do CSC, um centro comunitário que promove educação sexual e eventos sex-positive para todos os sexos, gêneros e idades.

Bom Mês Internacional da Masturbação pra você!

 

*O delicioso “Air Pussy”, quadrinho da alemã Ulli Lust que ilustra esse post, está disponível para download gratuito aqui